Após o vazamento do primeiro vídeo mostrando o Pokémon GO (que você podeconferir aqui), chegou a hora da Pokémon Company divulgar uma série de informaçõesde como o jogo/aplicativo vai funcionar.

Pokémon GO, que utiliza o sistema de realidade aumentada do celular, será free to play (grátis), mas foi confirmado que existirão microtransações, possibilitando a compra de itens dentro do jogo, por exemplo.

Quando você chegar em um local onde exista a presença de algum pokémon, o seu celular vai vibrar indicando que tem um bichinho perto de você. Pra captura-lo, você deve apontar o celular pra ele (que vai usar a câmera pra mostrar o pokémon) e tocar na tela para lançar sua pokébola. Existem modelos diferentes de pokébola, cada uma com uma porcentagem de chance de captura, e o pokémon pode fugir a cada tentativa que falhar. É bem parecido com sistema do jogo tradicional, só que sem a parte da batalha.

Como já havia sido comentado antes, cada pokémon pode aparecer em locais específicos, no seu habitat natural. Por exemplo, um pokémon do tipo água provavelmente será encontrado perto de lagos, rios e praias. Bem legal, e isso vai te fazer visitar muitos locais diferentes, o que acaba sendo uma proposta interessante do jogo, só fica esperto onde você vai se meter pra capturar um pokémon do tipo fantasma, ou de fogo.

Irão existir também os PokéStops, locais que funcionam como lojas, onde você pode adquirir itens e pokébolas, e eles ficarão localizados em locais como museus, monumentos famosos e locais históricos da sua cidade. Você também vai poder adquirir ovos de pokémon nos PokéStops, e eles irão chocar depois que você der uma determinada quantidade de passos, ou seja, da mesma forma que acontece no jogo tradicional, só que mais cansativo e queimando mais calorias.

Existirá um sistema de ranking entre os treinadores, e você vai aumentando conforme captura novos pokémons. Aumentando o seu nível você consegue encontrar pokémons mais fortes, além de ter acesso ? itens melhores e aumentar suas chances de captura.? Também vai ser possível evoluir o seu pokémon, e pra isso acontecer você deve capturar diversas vezes um pokémon da mesma espécie.

Você poderá se unir a um dos três times disponíveis no jogo (que ainda não foram revelados). Existiram locais que funcionarão como ginásios, e você vai poder enviar apenas um dos seus pokémons para cada um desses ginásios. Se o ginásio for da sua equipe, então você vai ajudar a defende-lo, e se for de uma equipe rival, você vai ajudar a derrotar os pokémons deles e conquistar o ginásio pro seu time.

E também foram exibidas imagens do Pokémon GO Plus, uma espécie de pulseira bluetooth que se comunica com o jogo, e que te avisa quando tiver um pokémon por perto, pra você não precisar ficar conferindo o seu celular o tempo todo. A pulseira NÃO é necessária para a utilização do jogo (além de não ter nenhuma previsão de lançamento aqui no Brasil, e mesmo se chegar aqui, deve ser cara pra cacete).

Pokémon GO tem previsão de lançamento ainda para esse ano, no iOS e Android, e terá um período de testes no Japão em breve, então com certeza vamos ter muitas informações chegando.

E que chegue logo, não vejo mais sentido em sair de casa sem isso na minha vida.