Resumão de notícias do dia (quase importantes) dos games.

> Primeiros detalhes da história de Gears of War 4 são revelados

Capa da revista Game Informer desse mês, Gears of War 4 começa a receber algumas informações. O jogo se passará cerca de 25 após os eventos de Gears of War 3, e terá como personagem principal JD Fenix, que é filho do antigo protagonista Marcus Fenix.

Os outros dois personagens jogáveis são Kait Diaz e Delmont Walker, também novos na franquia.

É visível a diferença da direção artística, aquele estilo de ‘homem gorila” parece ter ficado no passado, e agora a série adota um visual com proporções bem mais normais. Sou um grande fã da Gears, e gostei muito do design dos novos personagens, e gosto dessa direção do jogo trazer elementos novos para a série. Gears of War 4 chega no terceiro trimestre desse ano, exclusivamente para Xbox One.


 

> Garden Warfare 2 recebe DLC gratuita

O recém lançado Plants vs Zombies: Garden Warfare 2 recebeu sua primeira DLC grátis, trazendo conteúdo como um novo mapa e novas quests/missões. Quem acompanhou o primeiro jogo da franquia sabe que ele recebeu uma tonelada de conteúdo ao longo dos meses, todos de forma gratuita, então é torcer pra sequência seguir o mesmo caminho.

E talvez o mais importe é que junto com a DLC, houve mudança de balanceamento, então a personagem Rosa foi nerfada, ou seja, está mais fraca, e voltada para o suporte agora, e não dano. Isso é essencial, já que essa era uma classe que estava totalmente desbalanceada e estragando a experiência do jogo, que já vinha sendo chamado de Rosa vs Zombies pelo jogadores.


 

> Ragequits de Street Fighter V são punidos

Uma das maiores pragas dos jogos modernos são os ragequiters, galerinha filha da putinha que desconecta o jogo segundos antes de perder uma partida, pra não perder seus pontos e nem diminuir o e-penis.

SF V estava sofrendo com isso, já que não existia nenhuma punição para quem desconectava o fio da internet com mais habilidade do que usava pra jogar. Mas a Capcom já começou a punir alguns jogares, baseados nas reclamações da comunidade.

A punição foi só perda de pontos mesmo, ninguém foi banido, e inclusive o jogador que estava em 1º lugar no ranking mundial foi um dos que receberam a punição, já que ele conseguiu seus pontos simplesmente desconectando de todas as partidas que iria perder.

Tudo isso ainda é feito de forma manual, então os usuários precisam ser denunciados, para depois a Capcom investigar cada caso, mas é provável que uma punição automática seja implementada em breve. Junto com todo o conteúdo do jogo que ainda está faltando, né Capcom.


 

> Rocket League já tem 1 milhão de jogadores no Xbox One

E o sucesso de Rocket League não para. Lançado de maneira despretensiosa, o jogo virou febre no Playstation 4 e no PC, e mês passado recebeu uma versão para o Xbox One também.

Mesmo com o atrasado, o jogo já conquistou a marca de 1 milhão de jogadores no console da Microsoft, e isso tudo em apenas 3 semanas. Lembrando que não foi oferecido de graça como parte do Games with Gold (como aconteceu no lançamento da versão no PS4, onde ele estava gratuito para assinantes da Plus), então é sucesso de vendas mesmo. Para efeito de comparação, o bluw atingiu a marca de 15 leitores em 7 semanas, estamos chegando, Rocket League.

Rocket League segue como um dos jogos mais amados da geração até agora, e com certeza, como um dos mais lucrativos também. Merecido.