Essa semana tem a estreia de Mãe!, filme que parece ser o mais louco do ano até agora, chegou a receber a pior classificação possível pela audiência, mas que eu ainda preciso ver de qualquer forma.

Tem também ação com O Assassino, e nova comédia nacional que parece mais interessante que as anteriores. Além do filme com o nome (e todo o resto) tão ruim que me recuso a escrever de novo.

Conheça os filmes que chegam aos cinemas amanhã:

Estreias do Dia 21/09

> Mãe!

O lançamento mais polêmico e divisivo do ano, algumas pessoas achando genial, muitas outras odiando e todo mundo não entendo porra nenhuma do filme. O elenco é excelente, e é feito pelo diretor de Cisne Negro, que definitivamente sabe fazer um bom filme de doido.

Não tenho ideia do que esperar, mas quero muito ver.

Gênero: Mistério / Drama / Loucura Total
Duração: 2h 01m
Nome Original: Mother!

*Filme já avaliado pela crítica, 68% de aprovação (e 43% pelo público) no Rotten Tomatoes, e média 6.8/10 no IMDb.

Sinopse: Um casal tem o relacionamento testado quando pessoas não convidadas surgem em sua residência acabando com a tranquilidade reinante.


> O Assassino: O Primeiro Alvo

“Filme de pai” da semana, O Assassino é uma tentativa de criar um novo Jason Bourne, Jack Bauer, Arya Stark, etc. Não foi um sucesso de críticas, mas parece competente pelo menos.

Gênero: Ação
Duração: 1h 51m
Nome Original: American Assassin

*Filme já avaliado pela crítica, 35% de aprovação (e 71% pelo público) no Rotten Tomatoes, e média 6.7/10 no IMDb.

Sinopse: Mitch Rapp (Dylan O’Brien) é um recruta da CIA que perde sua namorada num ataque terrorista. A Diretora Irene Kennedy (Sanaa Lathan) vê nisso uma oportunidade de criar um assassino profissional, convocando o veterano Stan Hurley (Michael Keaton) para treinar Rapp para que ele possa caçar os culpados. Juntos eles iniciam uma investigação de uma onda de ataques a militares e civis e descobrem um padrão nas tragédias.


> Divórcio

Comédia nacional que segue o padrão que você já conhece bem, mas esse surpreendentemente parece ter uma das propostas mais legais entre os filmes do gênero, com boas ideias (e atores) ali no meio.

Gênero: Comédia / Nacional
Duração: 1h 50m
Nome Original: Divórcio

Sinopse: A trama acompanha a história de Noeli (Camila Morgado), que é roubada do altar por Júlio (Murilo Benício). O casal leva uma vida humilde, mas enriquece quando o molho de tomate Juno, criado por eles, torna-se um sucesso. Com o passar dos anos, os dois abrem uma grande empresa e enriquecem, mas o dinheiro e a rotina os distancia. E um mal entendido é a gota d’água para a separação. Para defender o patrimônio, cada um tenta achar o melhor advogado para si, o que gera um processo de divórcio cheio de confusões e com cenas hilárias.


> Esta é a sua Morte – O Show

O filme com o pior nome que eu vejo em muito tempo, além de uma ideia de roteiro que realmente te faz pensar “quem caralhos aprovou isso?”. Parece tão ruim que dá até uma certa vontade de ver.

Gênero: Suspense / Drama / Terror
Duração: 1h 44m
Nome Original: This Is Your Death

*Filme já avaliado pela crítica, 0% de aprovação (e 27% pelo público) no Rotten Tomatoes, e média 6.8/10 no IMDb.

Sinopse: Adam Rogers (Josh Duhamel) é um apresentador de TV que tem um novo e ousado programa, onde as pessoas são pagas para se matarem ao vivo. Tal iniciativa macabra gera muitos protestos mas também faz bastante sucesso, graças ao fascínio do público em acompanhar a degradação de outras pessoas.


> O Sequestro

Esse filme já tinha estreado no Brasil em algumas salas na semana passada, mas só agora ganha a estreia oficial mesmo. Mas não parece valer sua ida ao cinema de qualquer jeito.

Gênero: Suspense / Ação
Duração: 1h 35m
Nome Original: Kidnap

*Filme já avaliado pela crítica, 34% de aprovação (e 53% pelo público) no Rotten Tomatoes, e média 6.0/10 no IMDb.

Sinopse: Uma mulher (Halle Barry) tem seu filho sequestrado em um parque infantil, não confia no trabalho da polícia e embarca numa corrida contra o tempo para salvá-lo antes que seja tarde demais.