Como a gente define o novo filme do Deadpool? Como um filme de herói? Não parece ser a melhor escolha, Deadpool não é exatamente um herói, o filme não segue a linha clássica de filmes de heróis, e felizmente ele nem tenta ser um filme de herói. Como um filme de ação/aventura? Talvez, mas também não é o foco aqui, e o filme nem tem orçamento pra investir tanto em cenas super produzidas de ação. Deadpool é, antes de tudo, um filme de comédia, e não só isso, é um filme de comédia divertido para caralho.

Só para resumir e contextualizar, Deadpool é um personagem de quadrinhos, pense nele como um X-Men (fazendo parte do mesmo universo, inclusive), só que sem fazer parte dos X-men. Wade Wilson era um mercenário, que foi diagnosticado com câncer em várias partes do corpo, e que aceita ser submetido a um experimento que despertaria os genes mutantes, o que faria com que ele se curasse e, de quebra, ganhasse algum poder legal. Ele passa pelo procedimento, se cura, na verdade ganha um fator de cura tão poderoso que faz com que ele seja basicamente imortal, fica meio doido no processo, o que acentua o seu senso de humor, e a parte ruim é que ele ficou deformado. Esse é o Deadpool.

Ryan Reynolds faz um trabalho incrível aqui, até porque dizem que ele foi um dos grandes responsáveis por fazer o filme acontecer, e por ser feito sem censuras, para um público mais velho. Além desse mérito, o trabalho dele como protagonista é excepcional, não tem como imaginar o personagem sendo feito por outra pessoa, do mesmo jeito que acontece com o Robert Downey Jr. como Homem de Ferro. Seja como Deadpool ou como Wade Wilson, Ryan entregou um dos personagens mais memoráveis dessas recentes adaptações de quadrinhos para o cinema.

Como disse, Deadpool é um filme de humor, e porra, como ele acerta nisso. As piadas começam já nos créditos iniciais, e vão até os créditos finais. Na verdade vão até depois dos créditos finais, com cena extra, então fique para ver. O humor do filme é basicamente um humor de referência, é sarcástico, irônico, e muitas vezes com piadas deliciosamente pesadas, exatamente do jeito que um filme do Deadpool deveria ser. Claro que nem todas as piadas vão funcionar, mas a maioria funciona, e muito bem. Eu assisti ao filme sozinho (hello darkness my old friend…), na primeira sessão da segunda-feira (cinema vazio), e porra, eu ri várias vezes, e risadas honestas, o que pra mim é bem difícil, sou daqueles que riem só na imaginação.

E não é só humor aqui, tem bastante violência, com sangue e cabeças voando, mas tudo é feito de forma divertida, não são cenas que parecem fora de lugar. O ritmo é bem legal, ele não segue a narrativa tradicional dos filmes de heróis, aqui já começa mostrando o personagem em ação, depois a origem dele vai sendo contada, e no final voltamos para ai sim, caçar os vilões. E a história aqui é bem simples, mas não chega a ser um problema, já que tem elementos o suficiente pra te manter entretido durante o filme.

A química dos personagens funciona, tudo aqui parece natural, o lado romântico da história encaixa bem no filme, muito também pelo excelente trabalho da brasileira Morena Baccarin, e mesmo os “ajudantes” que aparecem só adicionam ao universo. O lado mais fraco aqui fica por conta da dupla de vilões, esses sim nada memoráveis. Eles passam a sensação de serem personagens sem muita importância e que morreriam nos primeiros minutos de qualquer outro filme, o que é uma pena. A sorte é que o carisma do Deadpool sozinho já é o suficiente.

Deadpool é um filme que merece todos os elogios que recebe, é genial, desde a campanha de marketing até os diálogos, é feito exatamente da maneira como deveria ser, e transborda personalidade e carisma. Deadpool é fácil um dos filmes de herói mais divertido dos últimos anos. Ok, vou reformular a frase pra ser ainda mais justo: Deadpool é um dos filmes mais divertidos dos últimos anos.

> Vale a pena assistir no cinema? Muito. Se você é fã do personagem, a adaptação para as telas é extremamente bem-feita, pode ver sem medo. Se você gosta desses filmes de heróis recentes, esse é um dos melhores. E se você não gosta de filmes de heróis, mas gosta de filmes de comédia, Deadpool é perfeito pra você.

> Seguro ver acompanhado? Sangue, violência, humor negro, até um pouco de sacanagem, tudo aqui. Mas sim, não é um filme pra chocar o público, tudo aqui é pura diversão, então pode ver com acompanhado sem problema (desde que o acompanhante tenha mais de 16 anos, né).

> Trailer: