Amnésia, ou Memento como nome original em inglês, é um filme lançado em 2000, dirigido e roteirizado pelo Nolan (de filmes como a nova trilogia do Batman e Inception), e é baseado em um conto escrito pelo irmão do diretor.

O filme mostra a história de Leonard Shelby (Guy Pearce), que após sofrer um acidente não consegue mais reter memórias recentes, esquecendo qualquer coisa nova em poucos minutos, tendo como lembrança apenas o que aconteceu antes desse acidente. Esse é com certeza um dos “problemas” preferidos de hollywood, com mais casos na ficção do que na vida real, mas não dá pra criticar muito, realmente é um elemento interessante para se trabalhar em uma história.

Leonard está atrás de John G., que além de ser o responsável pelo acidente que deixou ele assim, ainda estuprou e matou sua esposa. Como acaba ficando difícil fazer uma investigação com esse detalhe de esquecer de tudo em poucos minutos, o protagonista desenvolve todo um esquema, usando fotos, anotações e até tatuagens para informações importantes. Não deve ser muito prático, mas funciona. Mesmo sem conhecer o filme, provavelmente você já viu o meme da foto com “don’t belive his lies”, na internet, a rede mundial de computadores.

No elenco também estão presentes a belíssima Carrie-Anne Moss, mais conhecida como Trinity de Matrix, e -também de Matrix- Joe Pantoliano, fazendo o papel daquele seu amigo chato que você nem lembra do porque continuam amigos.

Amnésia ainda tem uma característica bem diferente e interessante, o filme acontece de trás pra frente. Não, as cenas não estão ao contrário com mensagens escondidas e canções da Xuxa, mas a ordem da narrativa é inversa, a primeira cena é cronologicamente a última do filme, e depois todas as novas cenas vão mostrando tudo o que aconteceu anteriormente.

Funciona muito bem aqui porque reflete a condição do protagonista, de não lembrar o que está acontecendo, então primeiro você vai ver uma cena sem muitos detalhes, e em seguida começa a ser mostrado tudo o que aconteceu antes, e você vai tendo a visão completa aos poucos.

Durante o filme você vai ficando perdido, depois entende, ai percebe que entendeu errado, entende de novo, depois fica claro que na verdade era outra coisa e assim vai seguindo. Porém diferente de muitos filmes com a narrativa confusa, Amnésia não deixa (muitas) perguntas sem resposta, não é um filme aberto e que depende de interpretação, todos os elementos estão lá, você só precisa absorver tudo. Definitivamente vale uma segunda assistida, a sua visão sobre o que está acontecendo vai ser outra, além de perceber vários detalhes que deixou passar de início.

Eu adorei o filme, é muito bem dirigido pelo Nolan, o roteiro é bem amarrado, a sensação de nunca ter certeza do que realmente está acontecendo é muito bem feita, você vai analisando e ligando os fatos (muitas vezes de maneira errada) enquanto está assistindo, além de ser um filme que você vai ter sobre o que discutir depois de ver, ótimo para ver com amigos e conversar depois.

O filme foi um sucesso de críticas, com 92% de aprovação pelos críticos no Rotten Tomatoes, e 94% pelo público, é um desses clássicos que pouca gente assistiu. O filme está disponível na Netflix, então é uma indicação fácil de algo diferente, interessante, confuso mas sem exagero, além de um ótimo filme pra indicar pros amigos depois e parecer um cara super descolado. Ou não, não acredite nas minhas mentiras.

> Vale a pena assistir? Sim, agora!

> Tem no Netflix? Sim!

> Seguro ver acompanhado? O filme não tem cenas muito violentas e nem impróprias, pode ver com qualquer um sem medo. Até aparece a bunda do protagonista em uma cena, mas juro que é bem rápido.

> Trailer (mas recomendo assistir o filme sem ver nada antes):